A culpa é das estrelas

544331_456048594461486_1556450736_nComo assim aqui não tinha resenha de A culpa é das estrelas? Acho que é por ser um livro que mexeu muito comigo. É um livro que tenho muito carinho e adivinhem o que aconteceu? Emprestei e a pessoa não me devolveu. Pretendo comprar de novo em inglês e hardcover :). Vou colocar aqui a resenha que estava no meu perfil do Skoob.

HM… Como começar a falar de um livro que eu arrisco dizer ser meu preferido? Assim: OMG, OMG e OMG. QUE PERFEITO *chora* A culpa é das estrelas é o tipo de livro que se deve ler sem esperar. Sem tentar adivinhar. Eu achei bem surpreendente (beeeeeeeem mesmo), realmente não esperava que o final fosse do jeito que foi. ;x A Hazel é uma paciente terminal de câncer com metástase no pulmão e, por conta disso, ela precisa usar um cilindro de oxigênio. Resumindo: ela está morrendo. Mas os médicos descobriram um remédio chamado “falanxifor” que, milagrosamente, diminuiu seu tumor e deu a ela mais uns anos de vida (sem saber ao certo quantos, né!). Desde que a Hazel descobriu que estava morrendo se afastou do mundo, das pessoas. Ela vive em casa lendo. Lendo principalmente seu livro favorito, Uma Aflição Imperial. Ela acha que quanto mais pessoas ela conviver, mais pessoas tristes quando ela morrer. Ela se denomina uma “bomba” e não sabe a hora que irá explodir. Por isso seus pais a obrigam à frequentar um grupo de apoio à pessoas com câncer. Lá ela conhece o Augustus Waters (Gus), um jovem alto, lindo, etc. Eles compartilham a paixão por livros, só que ele gosta de livros de ação (livros de games)… Eles se apaixonam e começam a viver. Viver sem pensar no câncer, sabe?! Juntos eles vivem várias coisas lindas! Hazel e Gus são dois personagens irônicos e eu adoooro isso. Adoro o jeito que o Gus chama a Hazel de “Hazel Grace” só porquê ela não gosta. Adoro suas metáforas. E, por fim, adoro o jeito que a Hazel vive. Ela tem o câncer e não ao contrario. Ela não vive em função do câncer. Ela inclusive é universitária ;D hahaha Chega, né !? Enfim, meu livro favorito. Queria que o mundo lesse para que sentissem o que eu senti ao ler “A Culpa é das Estrelas” E lembrem-se: Leia com uma caixa de lenços de papel :)

Fiz essa resenha dia 31/01/2013 e no final digo que queria que o mundo lesse, viram? Foi com esse pensamento que eu emprestei, gostaria que a pessoa sentisse a mesma coisa que senti quando li e me ferrei. A partir de agora só empresto meus livros pra quem eu sei que vai me devolver e que more perto de mim ;D hehehe

4 thoughts on “A culpa é das estrelas

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s